NOTÍCIAS
VÍDEOS
AGENDA
Artigos
Vídeos 

Top 6 mais vistos sobre Surf, WS, BB e KS
Revelados os 16 surfistas que vão disputar o Capítulo Perfeito
Publicado em: 2017-09-25  Modalidade: Surf, WS, BB e KS
Terminou ontem a votação para eleger os surfistas que vão participar no Capítulo Perfeito powered by Reef, evento que vai juntar alguns dos melhores tube riders nacionais e internacionais num dia de ondas perfeitas na
Praia do Norte, na Nazaré.



Na categoria “Surfistas Nacionais”, os nomes mais votados pelo público foram, por ordem, Nic von Rupp, Tiago Pires, João Guedes, Miguel Blanco, Alex Botelho e António Silva.

Já na categoria “Surfistas Internacionais”, os preferidos dos fãs foram Nathan Florence (HAV), Bruno Santos (BRA), Pedro Viana “Scooby” (BRA), Cory Lopez (EUA), Kiron Jabour (HAV) e Alex Gray (EUA).

Quem também garantiu acesso à competição foram o português Pedro Boonman e o australiano Anthony Walsh, a quem a organização atribuiu os convites de resgate, reservados a dois dos surfistas (um por categoria) não apurados pelo público.

A eles juntam-se ainda os wildcards Aritz Aranburu, vencedor da prova em 2016, e o surfista local da Praia do Norte Bruno Grilo, nomeado pelo município da Nazaré. A votação, que abrangeu 746 cidades de 80 países, decorreu no website oficial do evento entre os dias 18 e 22 de setembro e serviu para apurar, de acordo com as
preferências do público, os atletas que vão participar nesta competição especial de tubos, que irá realizar-se no melhor dia de ondas entre 23 de setembro e 23 de novembro.

A prova vai juntar surfistas de diferentes países e gerações nas melhores ondas que a costa portuguesa tem para oferecer, visando apurar o melhor tube rider num duelo épico em ondas perfeitas.



OS 16 FINALISTAS

Alex Botelho (POR), participante em quatro edições anteriores do Capítulo Perfeito (CP) e atual 5o classificado no ranking do Big Wave World Tour (BWWT);

Alex Gray (EUA), dedica a carreira a perseguir as melhores ondulações do planeta;

António Silva (POR); finalista da edição de 2014 do CP e recordista português da maior onda surfada (Praia do Norte);

Anthony Wlash (AUS), atleta multipremiado pelas suas performances em tubos pesados e um aficionado da onda tubular mais comprida do planeta, Skeleton Bay na Namíbia;

Aritz Aranburu (ESP), wildcard da organização, ex-membro do circuito principal da WSL e vencedor do CP em 2016;

Bruno Grilo (POR), wildcard da organização, surfista local nomeado pelo município da Nazaré;

Bruno Santos (BRA), campeão do CP em 2015 e um dos tube riders mais respeitados e consistentes do surf mundial;

Cory Lopez (EUA), ex-Top 3 mundial, reconhecido pela sua arrojada abordagem a ondas como Teahupoo (Taiti) e Pipeline (Havai);

João Guedes (POR), campeão nacional de 2009 e melhor atleta português na edição de 2016 do CP;

Kiron Jabour (HAV), local de Pipeline, soma quilómetros percorridos dentro dos tubos produzidos pelos perigosos recifes havaianos;

Miguel Blanco (POR), um dos surfistas portugueses mais viajados da sua geração, procura ativamente as ondas perfeitas que são a imagem de marca do CP;

Nathan Florence (HAV), irmão do campeão mundial John John Florence, crónico candidato aos Big Wave Awards e protagonista daquela que é apontada como a melhor onda já surfada em Teahupoo (2015);

Nic von Rupp (POR), bicampeão (2013 e 2014) e vice-campeão (2015) do CP, vice-campeão mundial pela ISA (2015);

Pedro Boonman (POR), um dos mais proeminentes free surfers da sua geração com várias produções de destaque internacional filmadas na Praia do Norte;

Pedro Vianna “Scooby” (BRA), free surfer brasileiro com um apetite e apetência especiais para ondas tubulares e protagonista de algumas das sessões mais tenebrosas já realizadas no Canhão da Nazaré;

Tiago Pires (POR), vencedor da edição inaugural do CP e único representante português no circuito mundial da WSL durante sete anos consecutivos (2008-2014).


SUBSTITUIÇÕES

Em caso de impossibilidade de participar na prova – por indisponibilidade, lesão ou impedimento de outra natureza –, os surfistas eleitos deverão declarar desistência e ceder o seu lugar aos atletas que se encontram nas posições subsequentes no ranking de votação, por ordem de preferência do público (número de votos);
Substitutos na categoria “Surfistas Nacionais” (por ordem): Filipe Jervis, Marlon Lipke, Ruben Gonzalez, Elohe Alvarez e Ivo Cação.

Substitutos na categoria “Surfistas Estrangeiros” (por ordem): Lucas Chianca “Chumbo” (BRA), Balaram Stack (EUA), Dylan Graves (PUR), Koa Rothman (HAV) e Mikala Jones (HAV).

Quanto aos surfistas com entrada direta por convite da organização, em caso de desistência os wildcards serão automaticamente atribuídos aos atletas subsequentes na lista de surfistas a resgatar predefinida pela organização;

Wildcard Substituto categoria “Surfistas Nacionais” (por ordem): Filipe Jervis, Ruben Gonzalez, Marlon Lipke, Elohe Alvarez e Ivo Cação.

Wildcard Substituto categoria “Surfistas Internacionais” (por ordem): Lucas Chianca “Chumbo” (BRA), Balaram Stack (EUA), Dylan Graves (PUR), Koa Rothman (HAV) e Mikala Jones (HAV).



Segue-nos no Facebook

Agora partilha!



Últimos Artigos sobre Surf, WS, BB e KS

Últimos Vídeos sobre Surf, WS, BB e KS

 

Segue-nos
PATROCINADORES
PRÓXIMOS EVENTOS
Prova: AMA Supercross 2018
Local: Angel Stadium - Anaheim
Data: 2018-01-06
ÚLTIMOS ARTIGOS
MAIS VISTOS DA SEMANA
  • PTRadical ©2011-2012 - Todos os direitos reservados
    Por Tecla Infinita