NOTÍCIAS
VÍDEOS
AGENDA
Artigos
Vídeos 

Top 6 mais vistos sobre Radical MX
O Super-homem já morreu? - Crónica de Jorge Ró
Publicado em: 2017-07-18  Modalidade: Radical MX
Foi-se este e ficou o homem (falo do actor C. Reeve que o encarnou) na vida real. Serve este exemplo para personificar bem os pilotos e campeões do Mundial  comparativamente aos pilotos do MX portugueses que também conseguem “vestir” o fato e “voar” para bons resultados. Repare-se no actual momento os resultados de Luis Outeiro no Europeu de 85/150 cc que é 2º classificado da geral até ao momento e os resultados em 17 anos do nosso Rui Gonçalves no Mundial MXGP e antes, no MX2 onde foi também 2º. Mas, não é só de agora que temos estes visíveis bons resultados. Já alguns anos atrás o piloto Luis Serra tinha ganho uma manga do Europeu 125. Também nos encheu de orgulho os bons resultados do Quim Rodrigues nos U.S.A. O Paulo Gonçalves com o seu temperamento “de aço” nas provas do Mundial em que participou. E claro, as presenças de Miguel Farrajota, Ruben Faria, Luis Silva, do César Peixe e H. Venda que também representaram o País nestas provas internacionais da modalidade.



O facto de ver-mos novamente o Mundial de MXGP em Portugal, leva a poder falar de um assunto tão importante e que tem a ver com esta “onda” de capacidade que o nosso País e os portugueses têm, quer para ultrapassar grandes dificuldades quer para atingir óptimos resultados a todos os níveis, económicos e desportivos. E é neste segmento que me cabe escrever nestas minhas crónicas sobre tudo aquilo que foi influenciando e dessa forma foi despoletando o interesse de alguma gente a se inspirar nelas, tentando também falar em trabalhos de opinião, que por vezes lamentavelmente, resultam num sentido incorrecto àquilo que denominei com determinado titulo merecido e bem significativo do que entendi ser merecidamente justo.
 
Vem isto a propósito do nome que dei a uma pista bem conhecida e que intitulei de Catedral do MX (Casais de S. Quintino) pelo facto de, durante as últimas décadas ter realizado provas anuais em dia santo, que é a Páscoa. Passou assim a ser uma tradição que se enraizou na mente das pessoas – quer do público quer dos pilotos – e porque a pista tem uma excelente acústica adicionando também a altura significativa nas partes laterais. Penso não existirem dúvidas que merece, por tudo isto, o nome que lhe atribuí no titulo de uma crónica, que pelos vistos teve um grande efeito nas pessoas.
Daí que, erradamente aquando da prova do Mundial MXGP em Águeda, algumas pessoas tenham agarrado nesse titulo atribuindo-o a esta localidade quando afinal ela tem o nome merecido, desde os anos 70, de CAPITAL do Motocross pelo facto de ter sido lá que esta modalidade arrancou em Portugal. Note-se que a uma Catedral só vão os devotos e a uma Capital vão todos aqueles que entendem ser importante visitá-la. Perceba-se então que cada coisa tem o seu nome merecido e por isso é sempre de evitar cometer esses erros despropositados.
 
 
Iniciei estas crónicas há 5 anos e desde aí foram atraindo a leitura de milhares de pessoas reforçando com isso ser um bom alicerce da história do MX em Portugal. Afinal mais não são do que o fruto da experiência acumulada das “aventuras” em que naturalmente me deixei embarcar e deram origem a ter de transmitir a muitos dos interessados essa vasta e rica vivência que, até agora ninguém se tinha interessado mas, parece agora ter virado moda e cada um aqui ou ali, vai-se servindo de nomes e designações por mim atribuídas nestas minhas variadíssimas crónicas, mas sem a atenção e cautela desse bom uso, deturpando o verdadeiro significado como foi o caso de Águeda. No entanto é sempre bom ver que influenciei algumas consciências e o interesse de muita gente sendo que as minhas crónicas são comprovadas em arquivos existentes, pessoais ou institucionais.
 
Jorge Ró




De trás prá frente
 
Desta vez, aproveitando o teor desta crónica, cabe-me relembrar a todos aqueles que têm seguido as minhas crónicas – já são mais do que eu previa, e com isso aumenta a minha responsabilidade – sobre o ontem, o hoje e o amanhã, sendo que alguns deles têm honrado esse trabalho, seguindo o meu exemplo e dessa forma, tentando dar a conhecer outros factos existentes através de semelhantes noticias, neste ou noutro meio, pecando no entanto por serem muito esporádicas em vez de mais regulares. É positivo ver que são inspiradas no trabalho que iniciei, pelo qual se comprova ter sido muito importante e oportuna a minha preocupação em deixar em registo escrito o que de muito relevante para o MX, existe e existiu em Portugal. Assim, deve entender-se como salutar a vontade de outros em prosseguir esses trabalhos que servem para o interesse de todos aqueles que seguem a modalidade.
 


Segue-nos no Facebook

Agora partilha!



Últimos Artigos sobre Radical MX

Últimos Vídeos sobre Radical MX

 

Segue-nos
PATROCINADORES
PRÓXIMOS EVENTOS
Prova: AMA Supercross 2018
Local: Angel Stadium - Anaheim
Data: 2018-01-06
ÚLTIMOS ARTIGOS
MAIS VISTOS DA SEMANA
  • PTRadical ©2011-2012 - Todos os direitos reservados
    Por Tecla Infinita