NOTÍCIAS
VÍDEOS
AGENDA
Artigos
Vídeos 

Top 6 mais vistos sobre Radical MX
Trazer o público às pistas MX - Crónica de Jorge Ró
Publicado em: 2015-12-14  Modalidade: Radical MX
Esta é uma problemática bem actual e infelizmente bem real. O público afastou-se das provas de motocross, contrariamente ao que acontecia até há meia dúzia de anos atrás. É verdade que não devemos esquecer os problemas económicos com que nos temos debatido no decorrer desse tempo e que, como é evidente estará na razão desse afastamento mas, não será só por isso. Existem outras razões que estarão na origem desta situação e que importa considerar :  As condições de recepção para o público, o preço dos bilhetes – nomeadamente no nacional de MX – e claro, o espectáculo que é apresentado.
 
Quanto à recepção nas pistas para o público, e dadas as exigências naturais bem actuais, seria de todo importante as organizações estarem atentas a isso como por exemplo, criando formas de permitirem que os espectadores tivessem locais próprios mais acomodados para verem a competição : lugares sentados (em declives naturais), algumas zonas sombreadas e claro, a apresentação dos circuitos bem regados e sem pó, sendo que e antes das mangas da tarde se poderia optar por apresentar os pilotos ao público quando estiverem na grelha de partida.
Para tudo isto é mais necessário a inteligência do que o investimento económico, bastando ter vontade para tornar real essa possibilidade que na prática irá dar rapidamente os seus frutos. Note-se que a tendência natural dos tempos que correm é o de existirem promotores (como já acontece actualmente) que têm como objectivo a realização de provas regionais e nacionais.


 
Relativamente ao preço, necessariamente baixo nos bilhetes, é preciso dizer que os regionais de MX muito têm feito para que isso seja uma realidade actual dado que, apresentam o valor do ingresso ao público muito económico comparativamente às provas do nacional de MX. É certo que são provas com uma logística bem diferenciada mas, a realidade e a bolsa do comum cidadão não se compadece com esses factos. E a verdade é que o nível competitivo das provas nos últimos anos baixou significativamente, também devido à escassez de novos talentos que hoje preenchem os dedos de uma mão e há algum tempo atrás eram mais de uma dezena. Basta ver nos registos das classificações existentes. Urge o aparecimento de novas “estrelas” que atraiam o “seu” público às pistas sendo que, os regionais e as classes dos mais pequenos isso podem proporcionar.

Finalmente, com tudo isto, estarão reunidas condições de excelência para – não esquecendo o necessário “speaker” que já é uma realidade nas provas, que vai esclarecendo o público no decorrer das provas – se poder apresentar boas e frutuosas provas competitivas do agrado geral, como desde sempre se primou nesta espectacular modalidade. Será a forma de se caminhar pelo sentido correcto de molde a tornar o MX “cá dentro” no êxito que ele tem “lá fora” actualmente. Existem várias formas a poderem-se aplicar na modalidade – algumas já ensaiadas por promotores – que poderão ser uma das várias soluções para um forte incremento da modalidade e que o órgão federativo sendo necessariamente mais criativo, pode e deve estimular pois o Mundo realmente mudou, parecendo por vezes que ainda não entenderam disso mesmo. A matéria prima, como nunca até agora aconteceu existe muita, é só aplicá-la e os resultados aparecerão naturalmente. Os tempos que correm e o futuro imediato, ditará desta importante e absoluta necessidade.
 
Jorge Ró



 
De trás p´rá frente
 
Desta vez, venho falar de uma outra figura bem conhecido no nosso País que, nada tendo a ver com esta modalidade, entendeu colocar o seu filho na prática desportiva do motocross. Trata-se de Basaúla Lemba (lê-se Bassaúla) que foi um bom futebolista e ainda directamente ligado ao futebol tendo nascido na terra onde o pai de Ricardo Aires viveu a sua infância : na R.D. Congo em Mbanza Ngungu. Seu filho, o conhecido Hugo Basaúla – um piloto em plena ascensão – começou na classe dos Infantis com 6 anos de idade e era de ver nas provas, a atitude do pai quando ele caia e nada fazia para o ir levantar, antes pelo contrário, gritava para ele se levantar rapidamente. Isso deixava muita gente surpresa e até o criticavam mas, a razão ele lá bem a tinha. É que, como praticante de futebol sabia bem dos truques de ter se deitar para o chão nos momentos mais convenientes e por isso a mesma mania no filho que tinha. Esta é uma particularidade que fez com que o Hugo seja hoje, o combatente e “estrela” que é com os títulos já alcançados. Particularidades estas, que fazem parte do mundo MX.


Segue-nos no Facebook

Agora partilha!



Últimos Artigos sobre Radical MX

Últimos Vídeos sobre Radical MX

 

Segue-nos
PATROCINADORES
PRÓXIMOS EVENTOS
Prova: ASP World Tour 2018
Local: Teahupoo - Tahiti
Data: 2018-08-21
Prova: Campeonato Nacional SX 2018
Local: Lousada
Data: 2018-08-18
Prova: DTM 2018
Local: Red Bull Ring Spielberg
Data: 2018-08-23
Prova: DTM 2018
Local: Misano
Data: 2018-08-26
Prova: GP3 Series 2018
Local: Spa-Francorchamps, Bélgica
Data: 2018-08-26
Prova: Campeonato Nacional de Super Enduro 2018
Local: Mação
Data: 2018-08-25
Prova: GP2 Series 2018
Local: Spa-Francorchamps - Bélgica
Data: 2018-08-26
Prova: GP3 Series 2018
Local: Monza, Itália
Data: 2018-09-02
Prova: GP2 Series 2018
Local: Monza - Itália
Data: 2018-09-02
Prova: ASP World Tour Feminino 2018
Local: Surf Ranch Lemoore, California - USA
Data: 2018-09-09
Prova: ASP World Tour 2018
Local: Lemoore, California - EUA
Data: 2018-09-09
Prova: DTM 2018
Local: Nürburgring
Data: 2018-09-09
Prova: Campeonato Nacional TT 2018
Local: Baja TT Idanha-a-Nova
Data: 2018-09-08
ÚLTIMOS ARTIGOS
MAIS VISTOS DA SEMANA
  • PTRadical ©2011-2012 - Todos os direitos reservados
    Por Tecla Infinita