NOTÍCIAS
VÍDEOS
AGENDA
Artigos
Vídeos 

Top 6 mais vistos sobre Vela e Canoagem
Canoagem vai privilegiar os K4 nos Mundiais que apuram para o Rio2016
Publicado em: 2015-08-11  Modalidade: Vela e Canoagem
A seleção de canoagem vai privilegiar o apuramento dos K4 nos Mundiais de Milão, pelo que Emanuel Silva e João Ribeiro vão abdicar em Itália de competir em K2 1.000, concentrando todas as energias no objetivo principal.

Uma vez que nos Jogos Olímpicos as tripulações podem ser ‘desdobradas’ (de um K4 pode-se fazer um K1 e um K2), foi decidido pelos atletas e os técnicos Hélio Lucas e José Sousa que a dupla vai poupar-se de 20 a 23 de agosto para a embarcação mais consistente da seleção neste ciclo olímpico.



O K4 1.000 composto por Fernando Pimenta, João Ribeiro, Emanuel Silva e David Fernandes é vice-campeão do Mundo e da Europa em título: em 2011, um mês depois de terem sido campeões da Europa, falharam Londres2012.

Fernando Pimenta, que esta época tem sido mais sólido e apresentado o seu melhor conjunto de resultados em K1, vai manter a prova dos 1.000, na qual é bronze Europeu e conquistou a prata nos I Jogos Europeus, em dois dos melhores desempenhos da sua carreira.

Portugal vai competir com uma equipa de 11 canoístas ‘desdobrados’ por oito eventos, todos eles ‘olímpicos’: paralelamente, dois outros atletas tentarão, pela primeira vez, levar a canoagem aos Jogos Paralímpicos.

No setor feminino, orientado pelo selecionador Ryszard Hoppe, o K4 500 de Joana Vasconcelos, Francisca Laia, Beatriz Gomes e Helena Rodrigues garante o Rio2016 com o sétimo posto, tal como os homens.

Ainda assim, e porque esta embarcação não tem a mesma consistência de resultados da masculina, Joana Vasconcelos e Beatriz Gomes vão tentar também o K2 500 (sextas em Londres2012).

Teresa Portela, que em Londres2102 se desdobrou por três embarcações, está agora apenas dedicada ao K1 200 e 500.

Nas canoas, Hélder Silva é esperança forte de qualificação em C1 200, sendo pouco crível que Maria Santos consiga o mesmo no setor feminino.

Norberto Mourão e Paulo Santos têm a responsabilidade de tentar a estreia da canoagem nos Jogos Paralímpicos.


Embarcações de Portugal em competição:

- 1000 metros:

K1 Fernando Pimenta
K4 Fernando Pimenta/João Ribeiro/Emanuel Silva/David Fernandes

- 500 metros:
K1 Teresa Portela
K2 Joana Vasconcelos/Beatriz Gomes
K4 Joana Vasconcelos/Francisca Laia/Beatriz Gomes/Helena Rodrigues

- 200 metros:
K1 Teresa Portela
C1 Hélder Silva
C1 Maria Santos

- Canoagem adaptada:
K1 TA 200 Norberto Mourão
K1 A 200 Paulo Santos


Foto: Darren Whiteside - REUTERS
Texto: RTP


Segue-nos no Facebook

Agora partilha!



Últimos Artigos sobre Vela e Canoagem

Últimos Vídeos sobre Vela e Canoagem

 

Segue-nos
PATROCINADORES
PRÓXIMOS EVENTOS
Prova: ASP World Tour 2018
Local: Hawai - USA
Data: 2018-12-20
ÚLTIMOS ARTIGOS
MAIS VISTOS DA SEMANA
  • PTRadical ©2011-2012 - Todos os direitos reservados
    Por Tecla Infinita